Procon de Rio do Sul lança pesquisa

0

Provavelmente você já se deparou com esse anúncio: somente hoje, R$ 5,97 a peça. Esse tipo de ação atrai o consumidor para a loja, pois tem a sensação de pagar menos pela mercadoria. Porém, na hora do pagamento, eis a grande dúvida: se o preço é R$ 5,97 e o consumidor dá uma nota de R$ 10,00 por exemplo, o comerciante devolve apenas R$ 4 de troco, para onde vai o R$ 0,03, que deveria ser devolvido para o consumidor?

Para responder a essa e outras perguntas, o Procon de Rio do Sul lançou uma pesquisa on-line para avaliar a prática no comércio do município. Os consumidores devem ficar atentos a esses valores oferecidos, que quebram o preço dos produtos em centavos. Devem estar atentos, pois os revendedores têm que devolver o centavo do troco. Produtos que tem o preço de R$ 2,97, R$ 3,97, o valor referente a 3 centavos deve sim ser devolvido e os consumidores têm todo o direito de pedir a devolução do troco, explica o diretor do Procon, Vanderlei Waldrich.

De acordo com o Procon nos casos onde o preço sofre arredondamento, o estabelecimento comercial deverá beneficiar o consumidor. Teoricamente, o produto de R$ 5,97 pago com R$ 10,00 teria um troco de R$ 4,03. Ocorre que muitas vezes o comércio não conta com moedas de 1 centavo. Neste caso o troco deverá ser de R$ 4,05 e não arredondado para baixo.

 

Troco com bala e chicletes pode?

De acordo com o Código de Defesa do Consumidor a prática pode ser considerada abusiva, ferindo o Artigo 39 do CDC. O diretor do Procon explica que só é aceitável se o troco for consentido, ou seja, o comerciante deve perguntar ao cliente se os centavos de troco podem ser em balas ou chicletes. Fica a cargo do consumidor aceitar ou não.

A pesquisa servirá para elaborar um plano de ação e política de informação aos estabelecimentos comerciais da cidade. Ela estará disponível até o dia 15 de março AQUI

 

Leonardo Xavier
Diretor Executivo de Comunicação

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.