Moradores da localidade de Rio Bonito ficam sem energia por mais de 36 horas

0
Casal Erneldia e Lauro kreusch, tiveram prejuízos com a falta de energia

Desde segunda-feira, por volta das 19h, após o forte temporal que atingiu o município de Agrolândia, moradores da localidade de Rio Bonito, relatam a falta de energia elétrica na região. Até a manhã desta quarta-feira, dia 28, a ausência de luz já durava mais de 36 horas.

Erneldia Kreusch, mora no início da localidade e revela que o problema é corriqueiro na região. “Outras vezes já ficamos sem energia. Estamos dessa vez sem energia mais de 36 horas. “A gente liga na CELESC falam que a equipe está ciente e que não é para mexer na rede, mas não dão previsão de retorno. Tenho problemas de saúde e meu remédio está na geladeira se estragar não sei o que fazer. Carnes já descongelaram e o cheiro é ruim dentro da casa. Não é a primeira vez que tivemos prejuízo com a falta de energia”, afirma a moradora.

O morador Udo Holstein, produtor de leite, relatou que com a falta de energia também causou prejuízo, ele perdeu mais de 400 litros de leite “Sabemos que fiação na rede é a principal causa de falta de energia, mas algo tem que ser feito, já não é a primeira vez que acontece de ficar horas sem energia. Quando o leite não é refrigerado e estraga, acaba sendo jogado fora, foi o que ocorreu aqui, mais de 400 litros jogado fora”, relatou Holstein.

De acordo com o chefe da Agência Regional da Celesc em Rio do Sul, Manoel Arisoli Pereira, a previsão de retorno de energia na localidade é no início da tarde desta quarta. “Duas equipes foram ao local na tarde desta terça (27), fizeram alguns serviços, mas devido o anoitecer as equipes retornaram e hoje de manhã seria retomado o serviço. Na localidade houve queda de poste e também queda de árvores sobre a fiação, para este tipo de caso o trabalho é mais demorado”. disse Manoel.

O coordenador da Defesa Civil Municipal, Marcos Scheller, disse que estará sendo feito um contato oficial com a CELESC para que ocorra manutenções constantes nas localidades para que diminua a queda constante de queda de energia.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.