Homem que matou jovem de 19 anos é condenado a 12 anos de prisão

0
Fotos: SUSANA LIMA

Márcio José Constante, de 38 anos, foi a juri popular nesta quinta-feira, dia 8, por matar Arlindo Erahardt Sobrinho com golpes de facão na cidade de Lontras. O crime ocorreu no dia 5 de fevereiro de 2017.

O júri popular ocorreu durante o dia todo no auditório do Parque Universitário Norberto Fran em Rio do Sul. A população e familiares acompanharam os depoimentos e questionamentos do juiz, promotoria e defesa.

Marcio assumiu autoria do crime e no fim da tarde, ele foi condenado a 12 anos de prisão.

O crime

No domingo, 5 de fevereiro de 2017, a Polícia Militar foi acionada por volta das 5h para atender uma discussão de casal. De acordo com a jovem de 23 anos, o casamento havia terminado e o marido foi embora no sábado. Porém, no domingo de manhã ele voltou para a residência, localizada na Rua Franscisco Zucateli, em Lontras, e a encontrou ela com o jovem Arlindo Erahardt Sobrinho.

Ainda segundo a comunicante, o marido saiu para pegar um facão, enquanto isso Arlindo, que estava com ela, conseguiu fugir, mas foi pego alguns metros depois e esfaqueado até a morte. Márcio fugiu após o crime e foi preso em Salete.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.